A GRANDE NOVIDADE DA L'ORéAL PARIS Já ESTá à VENDA

Será o seu novo aliado para a rotina de cuidado de pele durante a noite.

Age Perfect Midnight Cream. É assim que se chama a novidade da L'Oréal Paris, que promete regenerar a pele durante a noite, altura em que a nossa pele entra num processo de regeneração natural.

Leia Também: Aí está ele: O desmaquilhante bifásico que também cuida das pestanas

Este novo creme é inspirado na ciência regenerativa, tendo sido especialmente formulado com L’Oréal Paris Completo Antioxidante Reparador para se fundir naturalmente com a pele e atuar durante a noite. É infundido com o um Complexo Antioxidante Reparador - um duo antioxidante que combina neoHesperidina e vitamina E. "Juntos protegem a pele, auxiliando no processo de renovação natural das células enquanto promove a recuperação da barreira cutânea que foi sendo danificada durante o dia por fatores agressores externos", afirma a marca em comunicado.

Segundo a L'Oréal Paris, o novo Age Perfect Midnight Cream "protege a regeneração natural das células, promovendo o surgimento de milhões de novas, noite após noite". O resultado? "A barreira da pele recupera 1.5 vezes mais rápido, enquanto os ingredientes ativos penetram em profundidade na pele para oferecer todos os benefícios do creme durante este período."

Leia Também: Black Friday em beleza. Descontos em que vale realmente apostar

Quanto ao modo de aplicação, não podia ser mais simples. Comece por aplicar o creme no pescoço e decote, com movimentos suaves de baixo para cima, alternando com pequenos movimentos circulares a partir do centro do pescoço para as extremidades. 

Testado sob controlo dermatológico, revelou ser eficaz em todos os tons de pele, sendo também adequado para as mais sensíveis. 

Leia Também: O truque que promete deixar os lábios 'juicy' como os de Angelina Jolie

Seja sempre o primeiro a saber. Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online. Descarregue a nossa App gratuita. iOS

2022-11-26T15:46:44Z dg43tfdfdgfd