COR DA CABEçA AOS PéS: SEIS COLLANTS QUE QUEBRAM AS REGRAS

Os collants são como uma segunda pele que surge para aconchegar as pernas na estação fria quando, em 1962, Mary Quant cria as minissaias. Depois disso, passaram a fazer conjunto com vestidos e até com calções.  

Aos tecidos opacos ou de vidro juntaram-se os brilhantes, as texturas, os  padrões polka dots ou geométricos e quando mais nada havia a inventar, arriscou-se com cores.  

Verde, cor-de-rosa, laranja, violeta, amarelo. A paleta é infinita e é de aproveitá-la já que as cores vivas apresentaram-se como tendência para a estação nas últimas semanas da moda.

Para usar collants de cor não há regra, ou pelo menos não existe no street style ou para Gigi Hadid.  

Na galeria tens tudo para pôr a imaginação em prática. 

  

2022-11-20T10:54:30Z dg43tfdfdgfd